7 Voltas: de volta a cena em Colorado




Recuperar o rio sete voltas, parecia tarefa até então difícil, a historia lembrava que anos atrás mesmo projeto elaborado pelo o município fracassou no objetivo e a cidade tinha pouca esperança que desse certo, ainda mais fazer com que os proprietários rurais próximos ao rio pudessem colaborar com a proposta, mesmo assim o Escritório Regional de Gestão Ambiental de Colorado do Oeste acreditou e levou à idéia em casa a casa.

A Sedam de Colorado com o objetivo de diminuir os impactos ambientais de erosão, assoreamento, perca de biodiversidade em que se encontrava o rio Sete Voltas iniciou um plano ousado de meta revegetar 13 km de área, desde a nascente até 4 km abaixo da estação da Caerd e aumentar o volume do rio.

O Escritório desenvolveu diversas ações para atrair a sociedade e principalmente os sitiantes, fazendeiros, moradores perto do rio a colaborar com a recuperação do Sete Voltas realizando encontros de educação ambiental, palestras, seminários, entrevista e cadastro dos 37 proprietários lindeiros para ajudar no reflorestamento da mata ciliar. A Sedam conseguiu firmar um TAC – Termo de Ajustamento de Conduta entre o Ministério Público e os produtores rurais para garantir a execução do plano.

Sandra de Souza, coordenadora de Educação Ambiental de Colorado fala que no começo foi bastante difícil. “Sofremos muitas resistências dos proprietários que achavam que iriam perder com o projeto, mas mostramos os vários benefícios possíveis com a recuperação do rio e eles toparam participar do projeto” diz Sandra de Souza.

Uma das medidas tomadas no plano estava em isolar com arames as áreas da mata ciliar para obter melhores resultados no plantio das arvores.

Para salvar o Sete Voltas haveria também de mobilizar parcerias. E a Caerd, Emater, Semagri, Seduc, Ministério Público, Poder Judiciário, APAD (Associação dos Presidiários e Detentos), Móveis Gazin, Restaurante Colorado, Agroterra, Demat, Sicred, Colcred, Multibom e o Grupo Rondinha acreditaram na proposta da UI e aceitaram o desafio.

Com as parcerias o núcleo adquiriu 20 bolas de arame liso e 90 dúzias de madeiras destinadas aos proprietários lindeiros carentes; 3 viveiros, custando ao todo R$ 90 mil reais, foram construídos para fornecer essências florestais ao rio e montados nos terrenos da Multibom, Grupo Rondinha e APAD. 20 placas de educação ambiental para incentivar a preservação.

Orlando Silva, diretor do escritório de Colorado, cita como importante o trabalho desenvolvido na Associação dos Penitenciários e Detentos de Colorado D’Oeste. “A APAD é um exemplo de que todos podem contribuir com o meio ambiente, os detentos construíram um viveiro na detenção e mantém o cultivo das essências nativas para a recuperação do rio”.

Com os três viveiros florestais foram produzidos 75 mil mudas de essências; como mogno, ingá, massaranduba, ipê, seringueira, castanheira para abastecer além do rio outros programas ambientais da região. Da produção dos viveiros, 35 mil mudas nativas foram plantadas na mata ciliar do rio sete voltas, até o momento.

Na reta final do plano de recuperação o escritório regional de Colorado colhe os primeiros frutos de um trabalho árduo e gratificante, como explica Orlando: - Fazer com que as pessoas apoiassem e ajudassem no projeto foi difícil e depois vê-las procurando de alguma forma ajudar a recuperar nosso rio é mais que gratificante porque conseguimos principalmente mudar o pensamento sobre o meio ambiente plantando a idéia de que devemos todos cuidar dos nossos recursos naturais. Hoje posso dizer que o trabalho foi positivo, pois podemos com o isolamento da área degradada, replantar a mata nativa e melhorar a condição do rio.

Segundo Silva, a meta de 13 quilômetros de extensão foi atingida no final de 2008, porém o diretor ambiental disse que o projeto vai continuar com os moradores das redondezas do rio e da cidade. “Agora vamos monitorar as áreas para ver se a progressão continua”, completa.

0 comentários:

Postar um comentário

mais buscados

leia em outros idiomas




Seguidores

Comentários recentes

Participe

vc online