Ji-Paraná: Recuperação de igarapé vai diminuir impactos do lixão


Duas mil mudas de espécies nativas são plantadas para recuperar mata ciliar do igarapé do Onze (afluente do Rio Boa Vista) e reduzir os impactos gerados pelo aterro sanitário municipal em Ji-Paraná. A ação da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental realizada nesta última quarta feira (11) teve parceria da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente – Semagri, Universidade Federal de Rondônia – Unir (Curso de Engenharia Ambiental), Batalhão de Polícia Ambiental e a OSCIP Pais e Filhos (de Ouro Preto do Oeste).

A recuperação do Igarapé foi realizada na área próxima ao aterro sanitário com plantio de 15 espécies; entre quais, jenipapo, ingá, açaí, freijó, cedro, mulungu, cerejeira e pupunha.

A reposição da mata ciliar do Onze, segundo a coordenadora do Programa de Recuperação de Matas Ciliares da Sedam, Kátia Casula, vai amenizar os efeitos causados pela Lixeira Controlada. “Com o crescimento da vegetação no entorno daquele corpo hídrico, formará uma proteção da água contra o efluente, além disso, diminuirá a erosão, melhorará a qualidade da água, atrairá a fauna, entre outros benefícios.”, afirmou.

A coordenadora disse também que a recuperação do trecho (430 metros) do igarapé não é suficiente. “Temos quer promover a recuperação do igarapé como um todo, principalmente na sua cabeceira, e esse será o próximo passo da parceria estabelecida entra a Sedam e Semagri”.

O reflorestamento da área é resultado do compromisso assumido pela Sedam no ano passado quando se discutiam a viabilidade da implantação da Lixeira Controlada do Município de Ji-Paraná. Naquele momento o secretário de meio ambiente do Estado, Cletho Brito, propôs ajudar a Semagri a recuperar o igarapé do Onze para amenizar os efeitos gerados pelo empreendimento. Na ocasião, a Sedam se comprometeu ainda em fornecer os materiais necessários para a construção da cerca de isolamento das áreas diretamente afetadas.

O órgão ambiental do Estado está viabilizando diversas parcerias para o Programa de Recuperação de Matas Ciliares que vai ser implantado nos 52 municípios de Rondônia.

0 comentários:

Postar um comentário

mais buscados

leia em outros idiomas




Seguidores

Comentários recentes

Participe

vc online