Lendas amazônicas: jovens acreditam ter visto fantasma

Reportagem da TV RBA (afiliada da rede Bandeirantes) do Pará relata a história de três jovens que acreditam ter visto um fantasma enquanto brincavam em igarapé. Um dos garotos filma um vulto passando atrás dos outros dois amigos que assustados fogem do lugar. A história apresenta semelhanças com a lenda indígena Matinta Perera.



A Lenda do Matinta Perera (fonte www.ajuricaba.eb.mil.br)

Conta a lenda, que à noite, um assobio agudo perturba o sono das pessoas e assusta as crianças, ocasião em que o dono da casa deve prometer tabaco ou fumo. Ao ouvir durante a noite, nas imediações da casa, um estridente assobio, o morador diz: - Matinta, pode passar amanhã aqui para pegar seu tabaco. No dia seguinte uma velha aparece na residência onde a promessa foi feita, a fim de apanhar o fumo. A velha é uma pessoa do lugar que carregaria a maldição de 'virar' Matinta Perera, ou seja, à noite transformar-se neste ser indescritível que assombra as pessoas. A Matinta Perera pode ser de dois tipos: com asa e sem asa. A que tem asa pode transformar-se em pássaro e voar nas cercanias do lugar onde mora. A que não tem, anda sempre com um pássaro, considerado agourento, e identificado como sendo 'rasga-mortalha'. Dizem que a Matinta, quando está para morrer, pergunta:' Quem quer? Quem quer?' Se alguém responder 'eu quero', pensando em se tratar de alguma herança de dinheiro ou jóias, recebe na verdade a sina de 'virar' Matinta Perera.


Matinta Perera por
www.aprendebrasil.com.br

1 comentários:

Rogério Malta disse...

Cara, esse negócio de fantasma eu não acredito não. Para mim foi pura montagem

Postar um comentário

mais buscados

leia em outros idiomas




Seguidores

Comentários recentes

Participe

vc online